Esclarecimento sobre o caso envolvendo a Rádio Sananduva 97.7 FM

A Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil vem a público para esclarecer o andamento do caso envolvendo a Rádio Sananduva 97.7 FM.

No final da semana passada, nossa entidade foi procurada por um representante legal da Rádio para esclarecer os fatos. Após uma longa conversa, onde foram pontuados de forma detalhada todos os quesitos já levantados na Carta de Repúdio ao Ato e Resposta à Nota de Esclarecimento da Rádio Sananduva 97.7 FM, a Câmara de Comércio de Turismo LGBT do Brasil reafirmou seu posicionamento.

A Rádio então reconheceu a gravidade do fato ocorrido, se sensibilizou com o posicionamento de nossa entidade e se mostrou disposta a agir para evitar que episódios similares voltassem a ocorrer por parte de qualquer um dos seus colaboradores. Acreditando no caminho do diálogo como a melhor maneira de modificar comportamentos e adequar empresas e pessoas a realidade que se faz urgente de não tolerar qualquer tipo de comportamento discriminatório, a Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil imediatamente se colocou à disposição para ajudar neste processo interno da empresa. Enviamos o Manual de Comunicação LGBTI+, criado pela Aliança Nacional LGBTI+, e colocamos nosso quadro de colaboradores à disposição para palestras para os funcionários da Rádio Sananduva 97.7 FM, em resposta à solicitação feita pela representante legal da empresa.

Com o envio do Pedido de Desculpas por parte da Rádio e a publicação nas redes sociais, tornando-o público, nossa entidade acredita que demos o primeiro passo para que o lamentável episódio sirva de exemplo não só para a referida empresa, mas também para toda a sociedade. Seguiremos acompanhando de perto a promessa da Rádio Sananduva 97.7 FM de fazer um trabalho de orientação interno.

Lamentamos, porém, que o autor do e-mail desrespeitoso até agora não tenha se posicionado sobre o fato, inclusive retirado do ar suas redes sociais. Seguiremos vigilantes também para que ele e outras pessoas entendam que tal comportamento é inaceitável e que ações como essa são passíveis de punição por parte de seus empregadores e pela legislação brasileira.

Atenciosamente,

Ricardo Gomes
Presidente da Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil

Um comentário em “Esclarecimento sobre o caso envolvendo a Rádio Sananduva 97.7 FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *