Câmara LGBT comemora 11 anos com marcos importantes

Fundada em 18 de setembro de 2009, a Câmara de Comércio LGBT do Brasil é a origem do que hoje conhecemos como Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil. Ao longo dos onze anos, algumas modificações e marcos importantes marcaram a trajetória da entidade, que hoje é referência em turismo e cultura LGBTI+, além da atuações junto a empresas inclusivas para promover a empregabilidade e qualificação da comunidade LGBTI+.

“A Câmara do Comércio e do Turismo LGBT do Brasil é essencial e extremamente relevante para o atual momento em que vivemos. Sabemos que a população LGBTI+ é uma das mais atingidas e a Câmara pode ser uma entidade promotora e propositora de ideias para o poder público que possam diminuir a vulnerabilidade da nossa população em relação a empregabilidade, formação, habitação e sustentabilidade. Parabéns pelos 11 anos à Câmara que está sempre atenta e antenada com as necessidades da nossa comunidade”, celebrou Cássio Rodrigo, jornalista, militante LGBTI+, que foi Coordenador de Políticas LGBTI+ na Prefeitura de São Paulo (2005/2008) e no Governo do Estado (2016/2018).

Apesar do destaque alcançado, a Câmara ficou inativa por longos seis anos, desde os meados de 2010 até que em 12 de setembro de 2016 tomou posse a nova diretoria. Logo de cara um desafio, já que recuperar o CNPJ da segunda entidade levaria algum tempo. Mesmo assim, os diretores empossados arregaçaram as mangas e com muito trabalho fizeram a Câmara LGBT acontecer.

Em 15 de fevereiro de 2017, a Associação Brasileira de Turismo GLS (ABRAT GLS) se torna a Associação Brasileira de turismo LGBT (ABTLGBT). Depois, menos de sete meses, em 21 de setembro de 2017, se incorpora a Câmara LGBT que passa a ter em seu nome e como um dos principais pilares de atuação o turismo.

Para Marcelo Michieletto, vice-presidente da entidade entre fevereiro a julho de 2019, este foi um dos momentos mais importantes na história da Câmara LGBT: “A incorporação dessas entidades fortaleceu não só a parte de turismo na Câmara, como deu um novo olhar para o mercado”. Segundo Marcelo, a participação em feiras de turismo, como a FESTURIS, além dos acordos e treinamentos junto com entidades, como a Braztoa e ABAV, entre outras também foram fundamentais para o fortalecimento junto ao mercado.”

Naquele mesmo ano, em 06 de abril de 2017, acontece a primeira edição do “DNA – Drinks, Networking and Attitude”, evento criado para gerar networking entre associados da entidade (em 2018, mantendo a essência do evento, passa a se chamar Connecting). Cinco meses depois, nos dias 25 e 26 de setembro de 2017, acontece a 1ª Conferência Internacional da Diversidade e Turismo LGBT, principal evento anual da Câmara LGBT.

Como o forte comprometimento voluntário de seus diretores, a Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil consegue um crescimento acentuado e em menos de dois anos consegue dois marcos importantes para o turismo LGBTI+ brasileiro. Em 21 de maio de 2018 acontece a assinatura do Acordo de Cooperação com Embratur e Ministério do Turismo para promoção do turismo LGBT do Brasil. Três meses depois já acontece o primeiro passo com a primeira missão internacional com MTur e Embratur para promoção do Turismo LGBT em um evento na Casa do Embaixador do Brasil em Buenos Aires. No ano seguinte, a partir de 29 de agosto de 2019, a entidade organiza a Famtour/Presstrip da Cidade São Paulo focada no turismo LGBTI+. Pela primeira vez na história, a principal cidade do país recebe agentes de viagem e mídia especializada para divulgar o segmento.

“Nestes quatro anos que estou na entidade a vi crescer, ganhar musculatura, se tornar uma referência e ganhar respeito no Brasil e no mundo. Foram muitas horas e até dias inteiros dedicados à esta entidade que certamente já encontrou seu caminho para impulsionar seus parceiros e associados”, afirmou Ricardo Gomes, Presidente da Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil ao fazer um balanço da atual gestão. “Sabemos que ainda temos muito a fazer e vamos seguir juntos nessa empreitada. Muito obrigado aos nossos diretores atuais e os que não estão mais no corpo diretivo, parceiros, associados e amigos que nos ajudaram a chegar até aqui”, finalizou.

A Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil ainda tem acordos com as Câmaras da Argentina, Chile, Estados Unidos, México, Paraguai, Uruguai, República Dominica e Colômbia. Também possui parcerias firmadas com a Sec. Turismo cidade SP, Sec. Turismo do Estado SP, Riotur, Rio CVB, Visite São Paulo, IGLTA, BRAZTOA, ABAV, Parada do Orgulho LGBT de SP e Fórum das empresas e Direitos LGBTI+.

André Almada, que também ocupou o cargo da vice-presidência, destaca justamente este trabalho de network como um dos principais pilares da entidade. “Os diversos intercâmbios, parcerias e acordos, abrem portas para o Brasil num panorama global de negócios, que pode assim ser trabalhado de modo estratificado e assertivo – um criador de oportunidades”, comentou.

Matéria escrita por
Otavio Furtado
Diretor de Comunicação da Câmara LGBT do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *