A procura por experiências românticas únicas cresce no Turismo LGBT

O primeiro dia da 4ª edição da Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT trouxe uma conversa com Jean-Bruno Gillot, fundador da Experanto, e Juliana Ribeiro, coordenadora de casamentos Orinter, mediada por Carlos Tufvesson sobre o Romance no Turismo LGBT.

O papo amistoso, em meio ao compartilhamento de memórias e experiências dos participantes, falou sobre como o turismo LGBT ainda está muito pautado no antiquado estereótipo de que esse público só está interessado em festas e eventos badalados. Além de ser um tema muito pouco abordado na mídia, esse velho pensamento já ficou para trás. O público LGBT é, na visão de Jean, o que mais valoriza as experiências exclusivas e únicas, incluindo a boa gastronomia, programas culturais,  passeios e aventuras explorando as belezas naturais. E isso não é só para destinos internacionais, já que, para Gillot, o público LGBT não foge dos muitos incríveis no território nacional.

Nas celebrações de casamento, Jean também pontuou a alta procura pelos chamados “elopment weddings”. Traduzido literalmente, o “casamento de fuga” é um tipo de cerimônia que vem crescendo cada vez mais, e contam com a participação de pouquíssimos convidados, e não são raros os casos em que participam apenas os noivos. É claro que, como pontuou Juliana, um dos pré-requisitos para esse tipo novo de cerimônia são os destinos diferenciados. Alguns dos locais mais conhecidos são cidades pequenas da Itália e de Portugal, além de, é claro, o tradicional Caribe. Ainda segundo a coordenadora de casamentos Orinter, os membros da comunidade LGBT são aqueles que mais se preocupam com os detalhes e com tudo o que puder envolver exclusividade e diferencial no evento.

 Para Carlos Tufvesson, no entanto, isso tem uma explicação: “lutamos por 25 anos para termos o direito ao casamento, é claro que queremos cuidar dos mínimos detalhes!”, diz, entusiasmado. E o setor vem acompanhando, cada vez mais, diversos tipos de cerimônias e ocasiões, indo do casamento, noivados, pedidos de namoro e, quem sabe, até divórcio. “Se é pra terminar, que seja em um lugar lindo e especial”, diz, entre risos, Jean-Bruno.

Uma pauta muito importante dentro do assunto turismo LGBT e romance, e que não poderia faltar, é a preparação dos hotéis e profissionais para receberem os hóspedes. Segundo Juliana, a Orinter se preocupa com todos os mínimos detalhes para criar experiências e proporcionar um tratamento igualitário dos funcionários perante a todos. Afinal, a luta é justamente essa. “Como viajante LGBT, eu não quero ser tratado diferente”, pontua Gillot, que foi rapidamente complementado por Tufvesson quando fala que “Não lutamos por direitos especiais, e sim por direitos iguais”.

Com as redes sociais, o instagramável está cada vez mais em alta, e o turismo acompanha essa tendência com a procura por destinos que estão trending no mundo dos influenciadores. Mas, para Jean-Bruno, a nova geração chega para também mudar esse conceito, já que além da tendência, também busca a autenticidade e o compartilhamento de experiências, principalmente o público LGBT. Para ele, o importante em uma viagem é lembrar de se colocar em primeiro lugar sempre, e antes de decidir seu destino, refletir: “o que vai impactar a sua alma? Do que você vai lembrar e nunca mais esquecer?”, finaliza.

A 4ª Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT tem como patrocinadores masters a companhia aérea chilena Sky Airlines e o estado do Mato Grosso do Sul. Como Destino Convidado Internacional, Jungfrau, na Suíça. Já o Destino Nacional Convidado é o estado de São Paulo. Os patrocinadores são a NGLCC Global e Diversa Turismo.

Entre os apoiadores do evento estão: Air Canada, Visit Argentina, Bahia, Canopy, Encantos do Jalapão, Espanha, Fairmont Rio, Seychelles, Mondoramas, Orinter, Mônaco, Provence-Alpes-Côte d’Azur, Pullman Ibirapuera, Cidade de São Paulo, Stoli, Tulip Inn e Visual Turismo.

Nos Apoios Institucionais são: ABAV, Aliança Nacional LGBTI+, Brazilian Luxury Travel Association, Braztoa, Festival Mix Brasil, FESTURIS, Fórum de Empresas e Direitos LGBT+, IGLTA, Movimento Supera Turismo Brasil, Museu da Diversidade, Rio Convention & Visitors Bureau, Visite São Paulo e WTM.

O mídia partner do evento é o Panrotas e as câmaras apoiadoras: Cámara de Comércio LGBT Argentina, Cámara de Comércio y Turismo LGBT y Diversidad de Chile, Cámara de Comércio LGBT de Colombia, Cámara de Comércio Diversa Costa Rica, Cámara LGBT de Comércio Ecuador, NGLCC, Cámara de Comércio Inclusiva del Paraguay, Cámara de Comércio LGBT de La República Dominicana, Cámara de Comércio & Negocios LGBT de Uruguay e Federación Mexicana de Empresarios LGBT+.

Entre os agradecimentos: Centro Cultural da Diversidade, Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo, Secretaria Municipal de Turismo de São Paulo e Sebrae.

Matéria escrita por Camilla Costa – Comitê da Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT do Brasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *