A personalização e flexibilidade são destaques dos serviços oferecidos pela SKY Airline

     Em mais um ano participando ativamente em parceria com a Câmara LGBT na 4ª Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT, nesta terça-feira (17), a companhia aérea chilena SKY Airline apresenta sua história, suas mudanças, inovações e a relação de cuidados com seus passageiros. Temas citados por Laurence Brotero, executiva de contas no Brasil. 

    A SKY Airline é uma companhia aérea chilena que começou suas operações com voos domésticos no Chile em 2002. Em 2014 integrou uma nova administração para que em 2015 se tornasse uma companhia Low Cost, começando a expandir sua malha aérea na América do Sul. Hoje, a SKY opera em 14 destinos no Chile a partir de Santiago, além de voos para Argentina, México, Colômbia e Peru.  Em 2018, fez a sua estreia no setor aéreo brasileiro com rotas do  Rio de Janeiro e São Paulo para a cidade de Santiago no Chile, além de operar sazonalmente voos em Florianópolis.

    “A SKY flexibiliza as viagens para os passageiros que não conseguem embarcar no mesmo dia da compra e a remarcação é feita sem custos” destaca Laurence Brotero.

    A companhia foi eleita pela Skytrax 3 vezes consecutivas a melhor companhia aérea regional da América do Sul e em 2018 e 2019 a melhor companhia aérea Low Cost da América do Sul, também pela Skytrax. Foi reconhecida pela OAG como a Low Cost mais pontual da América do Sul em 2019. 

    Além disso, opera todas as suas rotas com o moderno Airbus A320neo, o modelo que é de última geração, reduzindo em 30% as emissões de CO2 e produz 50% menos poluição sonora em comparação ao modelo utilizado anteriormente. A SKY se tornou a primeira empresa de médio porte do mundo a operar com uma frota completamente padronizada, contando hoje com 17 aviões A320neo, tendo capacidade para 186 passageiros oferecendo os serviços somente da cabine econômica.

    Para poder personalizar a viagem de cada passageiro é oferecido 4 tipos de famílias tarifárias, nomeadas como: ZERO, LIGHT, PLUS e FULL. “Os passageiros conseguem personalizar sua viagem através da compra de serviços adicionais pelo site, incluindo a compra de bagagens, Star Pass e outros.” comenta Laurence. A personalização e mudanças relacionadas a viagem podem ser feita através do site www.skyairline.com/brasil ou pelo canal de atendimento no Brasil [email protected].

    Com o Coronavírus e toda mudança adotada mundialmente, a SKY tomou medidas de segurança e protocolos sanitários para melhor atender seus passageiros, tais como: As frotas operam com filtros HEPA que capturam partículas microscópicas, incluindo a Covid-19 com 9,99% de eficácia. O ar na cabine é completamente renovado a cada 3 minutos. A limpeza é feita de forma rigorosa, desinfetando as aeronaves diariamente cumprindo os mais altos padrões de acordo com o guia de desinfecção e saneamento da OMS. Além do uso obrigatório de máscara durante toda a viagem e há controle da temperatura. 

A 4ª Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT tem como patrocinadores masters a companhia aérea chilena Sky Airlines e o estado do Mato Grosso do Sul. Como Destino Convidado Internacional, Jungfrau, na Suíça. Já o Destino Nacional Convidado é o estado de São Paulo. Os patrocinadores são a NGLCC Global e Diversa Turismo.

Entre os apoiadores do evento estão: Air Canada, Visit Argentina, Bahia, Canopy, Encantos do Jalapão, Espanha, Fairmont Rio, Seychelles, Mondoramas, Orinter, Mônaco, Provence-Alpes-Côte d’Azur, Pullman Ibirapuera, Cidade de São Paulo, Stoli, Tulip Inn e Visual Turismo.

Nos Apoios Institucionais são: ABAV, Aliança Nacional LGBTI+, Brazilian Luxury Travel Association, Braztoa, Festival Mix Brasil, FESTURIS, Fórum de Empresas e Direitos LGBT+, IGLTA, Movimento Supera Turismo Brasil, Museu da Diversidade, Rio Convention & Visitors Bureau, Visite São Paulo e WTM.

O mídia partner do evento é o Panrotas e as câmaras apoiadoras: Cámara de Comércio LGBT Argentina, Cámara de Comércio y Turismo LGBT y Diversidad de Chile, Cámara de Comércio LGBT de Colombia, Cámara de Comércio Diversa Costa Rica, Cámara LGBT de Comércio Ecuador, NGLCC, Cámara de Comércio Inclusiva del Paraguay, Cámara de Comércio LGBT de La República Dominicana, Cámara de Comércio & Negocios LGBT de Uruguay e Federación Mexicana de Empresarios LGBT+.

Entre os agradecimentos: Centro Cultural da Diversidade, Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo, Secretaria Municipal de Turismo de São Paulo e Sebrae.   

Matéria escrita por Peter Silva – Comitê da Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.